Participamos do

Célio Studart discute propostas e garante campanha sem poluição sonora

Ação ocorre no primeiro dia de atividades da corrida ao Paço Municipal
19:36 | Set. 27, 2020
Autor Gabriela Almeida
Foto do autor
Gabriela Almeida Repórter O POVO
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

No primeiro dia de atividades de campanha dos candidatos à Prefeitura de Fortaleza, o concorrente ao paço Municipal pelo Partido Verde (PV), Célio Studart, realizou um encontro com a coordenação da campanha para falar acerca da disputa. Junto ao seu vice, Galba Viana, o candidato garantiu realizar ações que respeitem as medidas sanitárias e não usar carros de som, para evitar poluição sonora.

"Não usaremos carros de som ou fogos de artifício. A poluição sonora é um grave problema ambiental que afeta crianças, idosos, animais, autistas e pessoas em recuperação nos hospitais e centros de saúde", afirmou o candidato, que é forte ativista da causa animal. Ele criticou ainda os seus opositores que não respeitarem o momento de pandemia pelo qual o mundo está vivendo.

"Aquele candidato que não respeitar o cidadão fortalezense, que não respeitar as mortes que nós tivemos nesse período, os enlutados, desemprego, como é que ele vai estar pronto para retomar as atividades econômicas em Fortaleza? Vai começar o mandato com um gasto de saúde", pontuou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Célio também afirmou que definiu, junto a coordenação da sua campanha, não realizar ações que promovam aglomerações ou coloquem em risco a população e profissionais da sua equipe. "Vamos dialogar, compartilhar e mostrar que Fortaleza pode ser uma cidade que respeita as pessoas e os animais", pontuou.

Em relação a gestão dos prefeitos anteriores, o candidato afirmou que vai continuar fazendo o que foi "feito de correto" pelos antigos gestores, mas transformando a Cidade em uma "Fortaleza Verde", fazendo referência ao plano ambiental que propõe ao Município. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags