PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Abraham Weintraub é eleito diretor do Banco Mundial até outubro

O Banco Mundial anunciou a decisão na noite desta quinta-feira, 30. Weintraub assume o cargo em agosto

22:59 | 30/07/2020
Abraham Weintraub deixou o Ministério da Educação em junho (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Abraham Weintraub deixou o Ministério da Educação em junho (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Em comunicado na noite desta quinta-feira, 30, o Banco Mundial confirma que elegeu o ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, como diretor executivo no conselho da instituição. Ele assumirá a posição em agosto e fica no cargo até 31 de outubro, quando o mandato atual termina e será realizada nova eleição. As informações são da CNN Brasil.

Weintraub foi indicado oficialmente pelo Governo Bolsonaro no dia 18 de junho, horas após anunciar sua demissão do Ministério da Educação. Dois dias depois, em meio às polêmicas de sua saída, ele deixou o País e foi para os Estados Unidos com a família.

"Diretores Executivos não são funcionários do Banco Mundial. Eles são nomeados ou eleitos pelos representantes dos nossos acionistas", informou o Banco Mundial nesta quinta-feira. Não foram divulgadas informações sobre a votação para "preservar a integridade do voto".

O ex-ministro brasileiro foi eleito entre um grupo de países formado por Brasil, Equador, Panamá, Colômbia, República Dominicana, Haiti, Filipinas, Suriname e Trinidad e Tobago.