PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Felipe Rigoni, primeiro deputado federal cego, encerra simbolicamente votação do Fundeb na Câmara

A votação da emenda constitucional agora segue para o Senado, onde precisará da aprovação de pelo menos 49 senadores

Leonardo Maia
12:35 | 22/07/2020
O parlamentar disse que estava emocionado por encerrar a sessão
O parlamentar disse que estava emocionado por encerrar a sessão "muito histórica". (Foto: Reprodução/Twitter)

O primeiro deputado federal cego eleito no Brasil, Felipe Rigoni (PSB-ES), encerrou simbolicamente a sessão na Câmara dos Deputados que aprovou mudanças no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), nesta terça-feira, 21.

O parlamentar, que se disse emocionado pela “honra de poder encerrar a sessão”, considerou a aprovação da emenda constitucional como algo “muito importante e muito histórico” para o País. Ele definiu que a aprovação do Fundeb é ainda mais importante do que as discussões em torno da Previdência.

Assista ao discurso, a partir de 4h20min50seg:

“O Fundeb define o futuro do nosso País não só com uma perspectiva de 20 ou 30 anos. Mas ele nos ajuda a definir que cada pessoa, cada homem, cada mulher, possa ser mais bem formado daqui para frente”, considerou o deputado. Ele disse, em entrevista à Gazeta do Povo, que um dia sonha em ocupar a cadeira de presidente da República.

“Se tem alguma coisa que me fez chegar até aqui neste momento foi a educação que os meus pais puderam me dar, mas eles puderam me dar por razões que outros pais não podem dar para seus filhos e filhas”, concluiu.

Leia Também | Érico Firmo: No novo Fundeb, modelo Ceará vira referência para o Brasil

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Fundeb agora será enviada para apreciação do Senado, onde também deve ser analisada em dois turnos e precisará da aprovação de pelo menos 49 senadores. Conforme a PEC, a complementação da União para o Fundeb crescerá de forma gradativa ao longo dos próximos seis anos (2021 a 2026).

Leia a íntegra do discurso do deputado federal Felipe Rigoni (PSB-ES):

Bom, já estou um pouco emocionado pela honra de poder encerrar esta sessão. Eu quero dizer que hoje nós estamos fazendo algo que é muito importante e muito histórico para o nosso País.

E para não falar demais aquilo que os meus colegas Deputados já falaram muito, nós estamos fazendo três coisas aqui que eu acho de muita essencialidade para o futuro do nosso País. Eu fiz uma live ontem e me perguntaram se o FUNDEB era mais importante do que a Previdência, o que é muito difícil de dizer. Mas, sim, é mais importante do que a Previdência, porque o FUNDEB define o futuro do nosso País e define o futuro não só com uma perspectiva de 20 ou 30 anos. Mas ele nos ajuda com um FUNDEB maior, mais justo e mais eficiente, que é o que nós estamos fazendo aqui, ou seja, definir que cada pessoa, cada homem, cada mulher, possa ser mais bem formado daqui para frente.

Se tem alguma coisa que me fez chegar até aqui neste momento foi a educação que os meus pais puderam me dar, mas eles puderam me dar por razões que outros pais não podem dar para seus filhos e filhas.

Então, hoje nós estamos fazendo algo muito histórico no nosso País. Eu agradeço a V.Exa., Presidente, pelo seu trabalho, não só pela honra de estar aqui. E parabenizo a Deputada Dorinha e todos os nossos Deputados e Deputadas pelo que fizeram aqui hoje.

Declaro encerrada esta sessão de hoje.

Obrigado, gente. (Palmas.)