Participamos do

Bolsonaro pede que seus apoiadores não saiam às ruas em dia de protesto contra o Governo

Uma outra manifestação pró-democracia foi convocada em Brasília no próximo domingo, 7. Bolsonaro falou com seus apoiadores nesta segunda, 1°, em uma pista de acesso na área interna do Palácio do Alvorada, longe de jornalistas
12:55 | Jun. 01, 2020
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) orientou seus apoiadores a não irem a manifestação nas ruas no próximo domingo, 7, em Brasília. Isso porque para esses dia foi convocada uma manifestação antifascita. As informações são da Folha de S.Paulo.

No último domingo, 31, manifestantes tomaram ruas de São Paulo e Rio de Janeiro em ato pró-democracia, antifascismo e pelo movimento Vidas Negras Importam, que pede fim da violência policial.

Leia também | Manifestantes pró-democracia fazem ato em frente ao Masp, em São Paulo

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Sobre o novo ato no dia 7 o presidente disse: "Olha, estão marcando domingo um movimento, né? Deixa eles sozinhos domingo. Eu não coordeno nada, não sou dono de grupo. Não participo de nada. Só vou prestigiar vocês, que estão me apoiando, fazem um movimento limpo, decente, pela democracia, pela lei e pela ordem. Eu apenas compareço", disse.

Bolsonaro também disse que não conhece "ninguém destes grupos". "Deixa eles domingo lá", acrescentou. Todos os domingos, bolsonaristas a favor do governo, de intervenção militar e com críticas ao Congresso e ao Supremo Tribunal Federal (STF) passam pela Esplanada dos Ministérios e se aglomeram diante do Palácio do Planalto.

Leia também | Bolsonaro volta a frequentar aglomeração em plena crise de coronavírus 

Ativistas contrários ao governo haviam convocado manifestação para o mesmo local no sábado, 6. Mas, ato foi remarcado para a manhã do domingo, no dia 7 de junho.

Bolsonaro falou com seus apoiadores nesta segunda, 1°, em uma pista de acesso na área interna do Palácio do Alvorada, longe de jornalistas. Do lado de fora, mesmo quando ele ignora a imprensa, emissoras de TV conseguem captar áudio da conversa do presidente com o público.

"A imprensa não vai poder dizer mais que eu estou agredindo ela, está certo? Conversar com o povo porque este pessoal aí não... Se transmitissem a verdade, tudo bem, mas deturpam, inventam", afirmou o presidente.

A conversa foi transmitida ao vivo por apoiadores e pela própria equipe da Presidência da República.


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags