PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Regina Duarte sofre pressão de familiares para abandonar governo de Bolsonaro

Parentes da ex-global tentam convencê-la a pedir demissão, principalmente após a saída de Sergio Moro do Ministério

Gabriela Almeida
14:28 | 28/04/2020
Brasilia, 04 de março de 2020, Cerimonia de  posse da no Secretária Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Regina Duarte
Brasilia, 04 de março de 2020, Cerimonia de posse da no Secretária Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Regina Duarte (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

Há quase dois meses no governo do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido), a secretária da Cultura Regina Duarte tem sofrido pressão de seus familiares para se afastar do cargo. De acordo com informações da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, parentes da ex-global tentam convencê-la a pedir demissão, principalmente após a saída de Sergio Moro do Ministério, na última sexta-feira, 24. 

Regina não compareceu ao discurso de Bolsonaro acerca da saída de Moro, nem chegou a se manifestar publicamente sobre o fato. Com poucas publicações em suas redes sociais, a secretária tem se “resguardado” durante o período de isolamento social provocado pelo novo coronavírus, a Covid-19.

O curto período em que está à frente da Secretaria da Cultura envolveu Regina em polêmicas. Em uma delas, a atriz protagonizou uma "confusão" com alguns artistas globais ao publicar uma imagem com fotos deles, garantindo que haviam apoiado a sua decisão de assumir o cargo oferecido pelo presidente. Após atores desmentirem e repercussão ter sido negativa, Regina precisou apagar publicação.