PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Governo aguarda TCE para iniciar licitação da Usina de Dessalinização de Água Marinha de Fortaleza

O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana (PT), em sessão de abertura das atividades da Assembleia Legislativa para 2020.

22:40 | 03/02/2020
NULL
NULL (Foto: )

O governador Camilo Santana (PT) afirmou, nesta segunda-feira, 3, durante solenidade na Assembleia Legislativa do Ceará (ALCE), que aguarda a liberação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para o anunciar o processo de licitação da construção da Usina de Dessalinização de Água Marinha para a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). 

O anúncio foi feito em sessão de abertura das atividades da ALCE para 2020, durante o balanço das políticas na área de recursos hídricos. "Intensificamos os programas de construção de poços profundos, adutoras, chafarizes, dessalinizadores e sistemas de abastecimento de água para capital e interior. Aliás, estamos aguardando a liberação Tribunal para que a gente lance a licitação da construção da maior usina de dessalinização água do mar do Brasil que será instalada em parceria privada aqui em Fortaleza no Ceará" declarou.

A usina de dessalinização irá servir como alternativa para diversificar a matriz hídrica de Fortaleza e Região Metropolitana
A usina de dessalinização irá servir como alternativa para diversificar a matriz hídrica de Fortaleza e Região Metropolitana


Com intuito de combater a seca no Nordeste, o Governo do Ceará pretende empreender, juntamente com a Companhia de Água e Esgoto (Cagece), uma planta de dessalinização de grande porte. Uma prévia do estudo foi apresentada durante seminário ainda ano de 2019 em Salvador, na Bahia. A possível proposta era de uma Parceria Público-Privada (PPP) no Ceará.

A expectativa do projeto é produzir um metro cúbico de água potável por segundo, ou seja, volume com capacidade para atender aproximadamente 300 mil pessoas. A tecnologia de Osmose Reversa (OR) foi a escolhida para tratar a água do mar que será convertida em água potável, cuja pretensão é abastecer parte da Região Metropolitana de Fortaleza.