PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

"Lula tem direito à Justiça", diz Renato Roseno após saída de petista da prisão

O ex-presidente Lula foi liberado após 580 dias na prisão da PF em Curitiba

19:09 | 08/11/2019
FORTALEZA,CE,BRASIL,04.10.2019: Renato Roseno. Ricardo Lewandowski, Ministro do Supremo Tribual Federal, palestra no I Seminário de Direito Constituicional da Assemblei Legislativa. (fotos: Tatiana Fortes/ O POVO)
FORTALEZA,CE,BRASIL,04.10.2019: Renato Roseno. Ricardo Lewandowski, Ministro do Supremo Tribual Federal, palestra no I Seminário de Direito Constituicional da Assemblei Legislativa. (fotos: Tatiana Fortes/ O POVO) (Foto: Tatiana Fortes)

O deputado estadual do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), Renato Roseno, se manifestou através de seu perfil do Twitter após a libertação do ex-presidente da república, Lula da Silva. O político destacou a legitimidade da Constituição Brasileira e afirmou que "venceu o bom direito".

"Lula tem direito à Justiça e todos os presos no nosso sistema criminal. E mais ainda: temos 40% de presos que nunca foram julgados. Isso é absurdo. As prisões cautelares deveriam ser excepcionais. Sabemos quem são os presos nesse país", escreveu o deputado.

Roseno salientou que está sempre na luta para que a Constituição seja seguida e que toda prisão é sociopolítica. "Lutamos sempre pela obediência às garantias da Constituição porque elas protegem contra o arbítrio e o poder autoritário. Agora, precisamos avançar. Um programa político de resistência e defesa da classe trabalhadora. Um programa que olhe para o futuro. Isso depende da autoconsciência e auto-organização. Não adianta somente falar do passado. No passado, também estão nossos equívocos. Precisamos compreender as derrotas para voltar a disputar corações e mentes", apontou.

O parlamentar finalizou desejando justiça a todos os brasileiros. "Lula Livre é uma vitória do Direito e das garantias constitucionais. Queremos avançar mais e desde agora. Que o Direito não continue a ser usado para a perseguir e coagir os subalternizados. Que todos tenham a Justiça. Que o Brasil resista contra o fascismo e reinvente seu futuro", encerrou.