PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

PTC destitui presidente municipal da sigla e reafirma ser aliado de RC

Segundo o diretor estadual do PTC, o assunto nunca foi discutido internamente no partido

O Povo
17:31 | 04/09/2019

O diretório estadual do Partido Trabalhista Cristão (PTC) reagiu à decisão adotada pelo presidente da sigla em Fortaleza, Adriano Bento, de abandonar a base aliada do prefeito Roberto Cláudio (PDT). Tomaz Holanda, presidente estadual do Partido, decidiu destituir Bento da liderança municipal. Em nota pública, Holanda disse que o até então líder em Fortaleza da sigla não tem mais "nenhuma autoridade legal constituída para fazer ou dar declarações em nome do PTC".

O imbróglio entre os diretórios começou na manhã desta quarta-feira, 4, quando Bento foi até a Câmara Municipal avisar às vereadoras Cláudia Gomes e Bá que o partido irá deixar a base aliada do prefeito.

Segundo o diretor estadual do PTC, o assunto nunca foi discutido internamente no partido. "Ficou sempre acordado que, qualquer assunto que envolvesse resoluções que comprometesse qualquer rumo do partido, isso seria feito em comum acordo com a direção estadual do PTC. Em momento algum o presidente estadual do PTC, Tomaz Holanda, autorizou o Sr. Adriano Bento a proceder de maneira hostil com seus dois vereadores de mandato, bem como impor que os mesmos rompessem com o governo municipal de Fortaleza", disse em nota.

No texto, Holanda ainda reafirma que a sigla se mantém como aliada de primeira linha dos governos Municipal e Estadual. "Tudo que se disser ao contrário do aqui exposto não tem nenhuma veracidade", conclui.