PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

"Vou ver coisa mais importante", diz Onyx sobre visitar áreas desmatadas na Amazônia

Sobre a preservação do meio ambiente, Lorenzoni pondera que o Brasil não necessita aceitar recomendações de outros países

22:10 | 22/08/2019
Onyx Lorenzoni
Onyx Lorenzoni(Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou nesta quinta-feira, 22, que as nações europeias mentem sobre o desmatamento na Amazônia. Ele repetiu o discurso do presidente Jair Bolsonaro ao afirmar que isto ocorre para “atrapalhar comercialmente o país”. E quando perguntado se iria viajar para ver de perto a situação Das áreas queimadas pelos incêndios que assolam a região, ele disse que iria “ver coisas mais importantes”.

"Não, eu vou ver coisa mais importante. O projeto Acolhida, que nós estamos fazendo lá em Roraima", respondeu Lorenzoni. O projeto tem como objetivo acolher venezuelanos refugiados no estado.

Onyx também falou que as críticas à agenda ambiental do governo Bolsonaro iniciaram com diplomatas brasileiros e funcionários do Itamaraty. O ministro considera que é "leviano o que vem sendo feito contra o Brasil".

"Eu não vi matéria de ninguém, veículo algum, saindo para defender o Brasil na Europa. São mentiras ditas na Europa de que o Brasil é um país que desmata. O Brasil desmata, sim, mas não no nível e no índice que dizem", ressaltou o ministro.

Sobre a preservação do meio ambiente, Lorenzoni pondera que o Brasil não necessita aceitar recomendações de outros países. Ele acredita que os países europeus possuem razões diferentes para criticar o governo federal. Um dos motivos tem como objetivo, segundo ele, "estabelecer barreiras ao crescimento do Brasil".

"O presidente Bolsonaro está defendendo o Brasil. Nós temos que desfazer o que é discurso político do que verdadeiramente precisa ser feito. O Brasil é um país que cuida muito bem do seu ambiente", pontuou.