PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Correção: Bernie Sanders pede liberação imediata de Lula

11:31 | 13/06/2019
A matéria enviada anteriormente trazia o nome do senador americano grafada de forma incorreta. Segue novo texto, sem alterações, com o título corrigido.
O senador americano e pré-candidato do Partido Democrata à Presidência dos Estados Unidos, Bernie Sanders, utilizou o Twitter para prestar solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pedir sua liberdade e a anulação de sua condenação.
"Durante sua presidência, Lula reduziu dramaticamente a pobreza e permanece, ainda hoje, como o político mais popular do Brasil", disse Sanders, ao compartilhar um post do perfil do site The Intercept Brasil, que publicou as conversas vazadas entre o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o procurador da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol.
Sanders ainda disse que "está com os líderes políticos do mundo inteiro" clamando para que o Judiciário brasileiro solte Lula e anule sua condenação.

Agência Estado