PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Doria é recebido em convenção tucana sob gritos de 'presidente'

12:57 | 31/05/2019
Emplacando o ex-deputado Bruno Araújo (PE) na presidência nacional do PSDB, o governador de São Paulo, João Doria, chegou à convenção nacional do partido sendo recebido por militantes sob gritos de "presidente", em referência à possibilidade de o tucano ser candidato ao Planalto em 2022. Doria deve conceder uma coletiva de imprensa ao lado de Araújo após a eleição da nova direção do partido.
A chapa do novo comando do PSDB foi definida somente na noite desta quinta-feira, 30. Além do ex-deputado pernambucano na presidência, o partido vai ter o deputado Domingos Sávio (MG) na vice-presidência - havia uma expectativa anterior que a senadora Mara Gabrilli (PSDB) assumisse a vaga. Sávio já presidiu o partido em Minas Gerais e é aliado ao deputado federal Aécio Neves (MG), ex-presidente nacional da sigla e réu no Supremo Tribunal Federal (STF).
Doria emplacou um aliado para cuidar das contas financeiras do partido. Cesar Gontijo, que foi secretário-geral do PSDB paulista, vai assumir a tesouraria da Executiva nacional no lugar do ex-deputado Silvio Torres, um dos principais interlocutores do ex-governador Geraldo Alckmin na legenda. O deputado Humberto Pereira (MS) foi escolhido para a secretaria-geral do PSDB, substituindo o ex-deputado Marcus Pestana (MG). Os nomes ainda serão confirmados por meio de votação na convenção.

Agência Estado