PUBLICIDADE
Política

Suplicy diz que escreveu a Bolsonaro para defender presença de Lula em velório

03:02 | 10/03/2019
O vereador (PT-SP) Eduardo Suplicy chegou nesta manhã de sábado, 2, ao cemitério Jardim da Colina, em São Bernardo do Campo, onde ocorre o velório de Arthur Araújo Lula da Silva, neto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Arthur tinha sete anos e morreu vítima de uma meningite meningocócica. Ele será cremado às 12h deste sábado.
Suplicy disse a jornalistas, antes de entrar no cemitério, que escreveu a sexta-feira ao Jair Bolsonaro afirmando que a presença de Lula no velório do neto era "fundamental, sagrado, constitucional e legal".
O governador da Bahia, Rui Costa (PT), chegou ao mesmo tempo que Suplicy, porém se recusou a dar qualquer declaração à imprensa.

Agência Estado