PUBLICIDADE
Política

Bretas determina que Temer fique preso na PF para tratamento igual ao de Lula

17:57 | 28/03/2019
O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, mudou de ideia e determinou que o ex-presidente Michel Temer (MDB) fique preso na Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, que fica na zona portuária da cidade.
A medida, segundo Bretas, foi tomada para dar tratamento isonômico aos ex-presidentes presos, uma vez que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está custodiado na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.
Anteriormente, Bretas havia decidido que Temer ficaria na Unidade Prisional da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, em Niterói, na região metropolitana, atendendo a um pedido do Ministério Público Federal. No local, também está preso o ex-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, do mesmo partido de Temer.

Agência Estado