PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Donos de hotéis reagem contra rumores sobre possível fusão da Setur com outra pasta

Plano do governador Camilo Santana é de fazer uma reestruturação da máquina pública no Ceará no início do próximo mandato. Ele tem em mãos proposta de extinguir 11 secretarias

15:16 | 30/11/2018
NULL (Foto: )
NULL (Foto: )
[FOTO1] 
A seccional cearense da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-CE) se posicionou contra rumores de uma possível junção da Secretaria do Turismo (Setur) com outra pasta. De acordo com a entidade, que reúne empresários do setor hoteleiro, o contexto econômico vivido em terras cearenses não permitiria uma fusão. “Principalmente após a instalação do hub Air France-KLM-Gol”, escreveu, em nota.
  
Dizendo entender que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) “recolhe a importância do Ministério do Turismo” – ao indicar para seu futuro comando o deputado Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG) –, a ABIH-CE solicita mobilização para pressionar o governador Camilo Santana (PT) a manter a Setur no Ceará.
  
A preocupação do setor se deve aos planos de Camilo de fazer uma reestruturação da máquina pública no início do próximo mandato. “Estou me preparando para o pior cenário”, chegou a lamentar em entrevista à Rádio O POVO CBN Cariri, relacionando a preocupação à ascensão de Bolsonaro à Presidência.
  
O governador reeleito tem em mãos proposta para realizar um ajuste fiscal no Estado. A indicação é de que 11 pastas sejam extintas, mas até agora não há mais detalhes sobre o que de fato será cortado.
  
Redação O POVO Online

TAGS