PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Bolsonaro ou Haddad? Conheça o posicionamento político de celebridades brasileiras

Durante esta campanha eleitoral, atores, músicos e outras personalidades utilizaram as redes sociais para mostrar opiniões

14:53 | 25/10/2018
As Eleições 2018 estão perto do fim. Neste domingo, 28, brasileiros irão decidir quem presidirá o País pelos próximos quatro anos. Fernando Haddad, do PT, e Jair Bolsonaro, do PSL, disputam o cargo nas urnas. Durante esta campanha eleitoral, atores, músicos e outras personalidades utilizaram as redes sociais para manifestar seus posicionamentos políticos.
 
[VIDEO1] Uma das mais polêmicas, a atriz Regina Duarte, de 71 anos, declarou abertamente, em publicação no Instagram, apoio a Jair Bolsonaro. No último dia 12, a artista visitou o candidato do PSL no Rio de Janeiro. O encontro foi registrado por ambos em redes sociais. 
 
Em publicação no Instagram, ela comemorou o encontro com o candidato. “Sou Jair Bolsonaro para presidente do Brasil”, escreveu. 
 
[VIDEO2] O posicionamento político da atriz foi questionado por colegas de trabalho, inclusive por José de Abreu, 72. O ator usou o Twitter para criticar Regina por fazer campanha para o candidato do PSL. “Não respeito artista quem apoia fascista”, desabafou.  
 
O humorista Gregório Duvivier, 32, também discordou da opinião favorável ao PSL. Após encontro entre Regina e Bolsonaro, Duvivier publicou foto antiga da atriz ao lado de Fidel Castro, que foi ditador da Cuba de 1959 a 2008. “Hoje Regina Duarte posa com Bolsonaro. Antes era com Fidel. Não tem nada a ver com direita e esquerda. Tem a ver com tesão por qualquer governo autoritário que viole direitos humanos”, criticou em legenda no Instagram. Gregório apoia Fernando Haddad (PT). 
 
[VIDEO3] Recentemente, o empresário Roberto Justus se mostrou favorável ao candidato do PSL em vídeo publicado no Twitter. "Nós vamos, provavelmente, ter um governo que vai tirar esse ambiente hostil para o empresário e criar um ambiente onde ele tenha coragem e condição de investir", diz. 
 
[VIDEO4] Cantores como Zezé Di Camargo, Latino, Amado Batista, Eduardo Costa e a funkeira Tati Zaqui também se mostram favoráveis à candidatura de Bolsonaro, além de Gusttavo Lima. No início do ano, o cantor fez publicação polêmica no Instagram. Ele publicou vídeo de si mesmo atirando com um fuzil durante aula e, na legenda, disse que “hoje em dia o Brasil só está desarmando o cidadão de bem”. 
 
No fim de setembro, diversos artistas se reuniram em protesto contra a candidatura de Bolsonaro. O movimento #EleNão concentrou protestos em diversos estados do País. Em São Paulo e no Rio de Janeiro, artistas como Sophie Charlotte, Daniel de Oliveira, Débora Falabella, Débora Lamm, Fernanda Paes Leme, Renata Sorrah, Caco Ciocler, Paula Burlamaqui, Nanda Costa, Juliana Alves, Camila Pitanga e Arnaldo Antunes apoiaram o movimento.
 
[VIDEO5] A atriz Letícia Sabatella utiliza as redes sociais com frequência para se manifestar contra o militar reformado. Na foto acima, ela faz uma referência à suposta compra de pacotes de disparos de mensagens no WhatsApp com conteúdos anti-PT, realizadas por empresários que apoiam a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL).
 
Em tempos de discussões políticas acaloradas e polarizadas, O POVO ouviu eleitores dos candidatos à presidência para questionar: afinal, o que embasa seu voto? 
[VIDEO7] 
 
Veja como se posicionam algumas celebridades brasileiras: 
TAGS