Roseno precisou de votos de outros quatro candidatos do Psol para ser eleitoNotícias de Política
PUBLICIDADE
Notícias


Roseno precisou de votos de outros quatro candidatos do Psol para ser eleito

Com menos votos que o quociente, o deputado precisou de votos de Ari Areia, Nestor Bezerra, Alexandre Mapurunga e Lucas Moreira

14:20 | 16/10/2018
NULL
NULL
[FOTO1] 
Reeleito para novo mandato na Assembleia Legislativa do Ceará, o deputado estadual Renato Roseno (Psol) precisou de votos da legenda do partido e de outros quatro correligionários para obter vitória na eleição deste ano. 

Com cerca de 4,6 milhões de votos válidos gerais para a vaga no Estado, o quociente eleitoral mínimo para a eleição de um deputado estadual no Ceará ficou em 99,3 mil votos. Com 74.174 sufrágios, Roseno ficou "devendo" cerca de 25,2 mil votos para garantir a eleição. Ou seja, mesmo entre os mais votados do Estado, o deputado corria risco de não obter vaga.
 
[VIDEO2] 
 
Sem coligação, o Psol conseguiu o número mínimo para a eleição do deputado com os votos dos correligionários Ari Areia (11,3 mil), Nestor Bezerra (3,2 mil), Alexandre Mapurunga (3,1 mil) e Lucas Moreira (2,7 mil), além dos 5,7 mil votos diretos na legenda.

 
Durante a campanha deste ano, chapa do Psol para vagas no Legislativo mostrou grande convergência de ideias, com os candidatos adotando uma série de pautas progressistas. Roseno, por exemplo, focou campanha em combate à violência envolvendo jovens nas periferias do Estado, enquanto Ari Areia debateu mais pautas ligadas a segmentos LGBT.
TAGS