Eleição para o governo de São Paulo será decidida em segundo turno após 16 anosNotícias de Política 

PUBLICIDADE
Notícias


Eleição para o governo de São Paulo será decidida em segundo turno após 16 anos

Os tucanos estão no governo do estado desde 1994, quando Mário Covas foi eleito

23:51 | 07/10/2018
NULL
NULL
[FOTO1] Pela primeira vez em 16 anos, o governador de São Paulo será definido em segundo turno. João Dória (PSDB) disputará a vaga com Márcio França (PSB). Os tucanos estão no governo do estado desde 1994, quando Mário Covas foi eleito.
 
Com 99,99% das urnas apuradas, Doria obteve 6.431.427 votos, enquanto Márcio França teve 4.358.887. Desde 2002, as eleições não eram decididas em segundo turno, quando José Serra (PSDB) derrotou o petista José Genoino. O terceiro colocado foi o candidato Paulo Skaf do MDB, com 4.269.743 (21,09%), seguido por Luiz Marinho (PT), com 2.563.737 (12,66%).
 
No sábado, 6, a Folha de São Paulo divulgou pesquisa Datafolha com intenção de voto para o cargo no estado. João Dória aparecia na liderança 33%, seguido por Paulo Skaf (MDB) com 26% e Márcio França (PSB) com 20%. Contrariando o resultado das pesquisas, o candidato do PSB superou o emedebista com diferença de 0,35% votos.
 
Na simulação do segundo turno, os candidatos apareciam empatados com 41% das intenções de voto. No entanto, o candidato tem rejeição de 38%, contra 17% de Márcio França.
 
“Foi uma virada emocionante e vamos com mais força para vitória”, celebrou Márcio França no Twitter. João Dória comemorou a liderança no primeiro turno, e além disso, declarou apoio a Jair Bolsonaro na disputa pela Presidência da República.
 
Redação O POVO Online 
TAGS