Gonzaga, do PSTU, defende porte de arma como forma de autodefesa da populaçãoNotícias de Política 

PUBLICIDADE
Notícias


Gonzaga, do PSTU, defende porte de arma como forma de autodefesa da população

O candidato falou sobre o projeto econômico do partido e convocou a população para uma "rebelião" por mudanças sociais

18:11 | 05/09/2018
NULL
NULL
[VIDEO1]
Na terceira sabatina realizada pelo Grupo de Comunicação O POVO, nesta quarta-feira, 5, o candidato ao governo do Estado pelo PSTU, Francisco Gonzaga, argumentou que a população precisa do porte de armas como autodefesa. Para ele, o trabalhador está no meio de um “fogo cruzado”. Ainda como políticas de segurança pública, o entrevistado afirmou que é a favor da legalização de drogas e da desmilitarização da Polícia Militar.
[SAIBAMAIS] 
Mesmo com propostas parecidas, Gonzaga nega que tenha similaridades com o candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL). “A proposta dele é similar à ditadura militar”, diz. O político afirmou que não seriam distribuídas armas para a população e nem seriam criadas milícias. "De um lado o tráfico com poder de armas muito grande, do outro a política do Estado com mais armas”, opina. Ele alega que a sociedade está em “guerra civil”. 
 
O candidato falou sobre o programa econômico do partido, que diz lidar com questões de âmbito nacional. Além de reestatizar empresas que foram privatizadas, como Enel, Gonzaga discutiu a diminuição de horas de trabalho, aumento do salário mínimo e mais taxas de impostos para ricos. O modelo seguido é o do socialismo.
[FOTO1] 
Apesar de usar a palavra “rebelião” enquanto chamava população para buscar mudanças sociais, Gonzaga explica que não se trata de um golpe. Para ele, o povo não acredita mais nas eleições como forma de resolução dos problemas do País. “Os programas de governo são todos iguais e a maioria da população acha que ‘tanto faz’”.
 
Gonzaga foi o terceiro candidato ao governo do Ceará a ser sabatinado pelos jornalistas do O POVO. O primeiro foi o General Teophilo (PSDB) e o segundo foi Ailton Lopes (Psol). Nesta quinta-feira, 6, o convidado é o atual governador, Camilo Santana (PT).
 
O ciclo de sabatinas será transmitido pela Rádio O POVO/CBN, pelo Facebook do O POVO Online e pela TV O POVO. Após a transmissão, o vídeo do debate fica salvo na página do Facebook do O POVO Online.
 
Confira as sabatinas já realizadas:
 
[VIDEO2] 
 
[VIDEO3]  
TAGS