Pros e PSDB terão 126 candidaturas nas eleições proporcionais para deputadosNotícias de Política
PUBLICIDADE
Notícias


Pros e PSDB terão 126 candidaturas nas eleições proporcionais para deputados

Pros e PSDB formaram aliança na chapa majoritária de apoio a candidatos ao Governo e Senado. Porém, partidos concorrerão com chapas puras nas eleições proporcionais

14:51 | 08/08/2018
NULL
NULL

 Atualizada às 18h10min

[FOTO1]

A oposição composta por PSDB e Pros terá número de candidaturas muito menor que a chapa governista na disputa por vagas na Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) e Câmara dos Deputados. Conforme O POVO Online apurou, Pros e PSDB devem, juntos, lançar 83 candidatos a deputado estadual.
  
Além dos 83 nomes a nível estadual, os dois partidos da oposição devem lançar outros 43 candidatos a deputado federal. São 14 candidaturas tucanas e 29 do Pros. No total, os dois partidos devem lançar 126 candidatos nas eleições proporcionais.
 
Apesar do número em conjunto, os dois partidos não se uniram nas eleições proporcionais como nas majoritárias (para governador e senador). Para as vagas de deputados estaduais, o Pros realizou nessa segunda-feira, 6, o registro de 64 nomes junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), enquanto o PSDB deve registrar 19 candidaturas. 
   
Em nível estadual, o número está longe dos prováveis 414 candidatos das seis chapas que formam a aliança formal do Governo e as 69 candidaturas estimadas pela chapa encabeçada pelo MDB na aliança informal do governador.
 
 
Partidos menores
Outras coligações formadas entre os partidos menores também terão candidaturas fomentadas. PSL e DC devem propor em conjunto 69 candidaturas à AL-CE; PSOL e PCB 35 candidatos; PSTU 5 candidaturas; e PCO com 1 candidatura.
 
A nível federal, PSL e DC devem propor em conjunto 33 candidaturas à Câmara dos Deputados; PSOL e PCB 24 candidatos; PSTU 1 candidatura; e PCO com 1 candidatura.
  
TAGS