includeMenuHeader(); ?>
PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

"Nós não podemos ser desumanos e enxotar os venezuelanos", diz candidato Álvaro Dias

O candidato à Presidência pelo Podemos falou à Rádio O POVO CBN sobre a crise na Venezuela e defendeu o apoio aos refugiados

15:30 | 20/08/2018
NULL
NULL(Foto: )
[FOTO1]
Em entrevista à Rádio O POVO CBN na manhã desta segunda-feira, 20, o candidato à Presidência da República pelo partido Podemos, Álvaro Dias, defendeu o apoio aos refugiados venezuelanos no Brasil. Ele conversou com o jornalista Luiz Viana, no programa O POVO no Rádio, sobre a crise no país e disse que, se presidente, não teria apoiado o governo de Nicolás Maduro. O político também falou de temas como corrupção e desemprego.
 
Ele criticou o governo brasileiro por ser “imprevidente” e não ter se antecipado aos fatos, dizendo que a situação que chegou ao Brasil deveria ter sido prevista. “Se eu fosse Presidente da República, não teria apoiado esse governo da Venezuela”, ele disse, definido o mandato de Maduro como uma “ditadura sanguinária”.
 
“Nós não podemos ser desumanos e enxotá-los, jogá-los às feras e à morte (os venezuelanos)", defendeu. “Nós já temos aqui nossos problemas de desemprego e em primeiro lugar está o brasileiro, mas nós temos que receber essa gente e dar um tempo para que elas possam se acomodar em outro local”, disse o candidato.
 
Álvaro Dias respondeu críticas sobre um discurso focado apenas no combate à corrupção e apresentou outras propostas. Citou seu plano de governo e falou da impossibilidade de tratar sobre tudo no tempo limitado do debate presidencial. “Aqueles que me criticam por combater a corrupção é porque gostam da corrupção”, afirmou.
 
Além de Álvaro Dias, os candidatos Henrique Meirelles (MDB), Guilherme Boulos (Psol) e João Vicente Goulart (PPL) também já foram entrevistados pela Rádio O POVO CBN. Confira!
 
[VIDEO1][VIDEO2][VIDEO3][VIDEO4][VIDEO5]
 
Redação O POVO Online 

TAGS