Câmara Municipal reinicia trabalhos em meio a protestos contra Lei dos AlvarásNotícias de Política 

PUBLICIDADE
Notícias


Câmara Municipal reinicia trabalhos em meio a protestos contra Lei dos Alvarás

Empresários cobraram do presidente da Casa, vereador Salmito Filho, a revogação da lei, que aumenta taxas para empreendedores

12:10 | 01/08/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
A Câmara Municipal de Fortaleza retomou os trabalhos nesta quarta-feira, 1º, iniciando o segundo período legislativo do ano de 2018. A volta das atividades na Casa foi iniciada com uma sessão solene presidida pelo presidente da Câmara, o vereador Salmito Filho (PDT). O vice-prefeito Moroni Torgan (PR) esteve presente, representando o chefe do Executivo, prefeito Roberto Cláudio (PDT).
  
Antes da cerimônia, empresários fizeram cobranças ao vereador. Com camisas “Alvará não vou pagar”, eles protestavam contra a lei dos alvarás, que aumenta o valor das taxas pagas por empreendedores. O coordenador do movimento Empreendedores em Ação, Rodrigo Marinho afirma que os manifestantes estavam lá porque o prefeito Roberto Cláudio abriria os trabalhos na Câmara nesta terça-feira. Eles pedem a revogação da lei 241/2017, possível apenas com a ação do prefeito.
 
Salmito Filho também foi acusado de se recusar a tratar do assunto.  “Não foram os vereadores da base que foram contra essa situação. Os empreendedores estão aqui para demonstrar essa insatisfação com o vereador Salmito Filho”, manifestou-se. Segundo Rodrigo Marinho, uma estratégia de diálogo já foi conversada.
 
Em seu discurso, já no plenário, Salmito falou das pressões em relação aos políticos durante o período das eleições de 2018, que se aproxima. “Engana-se quem acha que vai cumprir algum mandato sem pressão”, declarou. Apesar disso, citou realizações da Câmara no início do ano e disse que Fortaleza está “no rumo certo”.
 
Ele afirmou que os trabalhos da Casa não serão “de forma alguma” diminuídos por conta das eleições, apesar de muitos vereadores serem candidatos. “Esta é a casa do povo de Fortaleza. É com esse sentimento que nós terminamos o primeiro semestre legislativo, e é com esse sentimento que nós começando o segundo semestre legislativo”, discursou.
 
 
Redação O POVO Online 
TAGS