PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Cabo Daciolo faz jejum em monte e diz que sociedade secreta quer matá-lo

O candidato à Presidência pelo partido Patriota publicou um vídeo de 15 minutos em sua página do Facebook na última segunda-feira, 13

11:56 | 14/08/2018
NULL
NULL (Foto: )
[FOTO1]
O candidato à Presidência pelo partido Patriota, Cabo Daciolo, subiu ao monte para orar e jejuar na última segunda-feira, 13. Em vídeo de 15 minutos publicado por ele em sua página do Facebook, ele disse que a sociedade secreta Illuminati iria tentar matá-lo por ele ter atacado o “grupo” em suas declarações e que essa guerra era “no plano espiritual”.
 
“A estratégia que Deus nos deu é ficar no monte orando. Por que, Daciolo? Porque vão tentar me matar. Eles querem me matar. Mas aqui não toca, só com a autorização divina”, declarou. Ele mostrou um aparelho celular antigo como sendo seu e disse que pegou o tablet da filha para poder gravar a mensagem. Afirmou, ainda, que quem quisesse entrevistá-lo teria que ir a sua procura no monte. Ressaltou, porém, que participará do próximo debate presidencial da RedeTV!, na próxima sexta-feira, 17. 
 
O candidato criticou os banqueiros, se referindo a eles como “verdadeiros bandidos da nação”. “No nosso governo, não haverá reforma da Previdência, não. Porque ela é superavitária. Tem dinheiro e dinheiro de sobra. No nosso governo nós vamos pegar os banqueiros”, disse. Ele afirmou ainda que, se eleito, o País passará uma semana clamando a Jesus Cristo. “No nosso governo, nova ordem mundial, IIluminatti e Maçonaria, chega. Vocês vão sair da nação brasileira. A nação brasileira é do senhor Jesus Cristo”.
 
Daciolo também se comparou a Enéas Carneiro, candidato presidencial pelo Prona nos anos 80 e 90, e afirmou saber que o chamariam de louco. Vão tentar nos taxar de louco. Fazer o que fizeram com doutor Enéas. A diferença do cabo Daciolo com o doutor Enéas é a intimidade com Deus”, declarou.
 
Veja o vídeo
[VIDEO1]
 
Redação O POVO Online 
TAGS