PUBLICIDADE
Notícias

Camilo diz que não deixarão Lula ser candidato e defende "candidatura única progressista"

Com a impossibilidade de Lula ser candidato, governador do Ceará defende apoio do PT a uma única candidatura progressista para a sucessão presidencial. Ele diz ainda que Ciro é "grande pré-candidato"

12:00 | 18/07/2018
Camilo Santana diante do microfone, no estúdio da rádio O POVO/CBN
Camilo Santana diante do microfone, no estúdio da rádio O POVO/CBN
[FOTO1] 
O governador Camilo Santana (PT) afirmou que não acredita que a Justiça permitirá que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja candidato e defendeu que seu partido, o PT, busque alternativa dentro do arco de candidaturas progressistas. Com Lula preso desde 7 de abril, o PT mantém o ex-presidente como única alternativa à postulação pelo Palácio do Planalto. As declarações foram feitas em entrevista na Redação do O POVO, após participar do programa O POVO no Rádio, apresentado pelo jornalista Luiz Viana, na rádio O POVO/CBN.
 
 
"Eu não acredito que vão deixar Lula ser candidato. (...) A lei da Ficha Limpa é clara dizendo que quem tem julgamento em segunda instância está impedido ser candidato", justifica. Em maio, ao responder questionamento sobre a candidatura do ex-presidente, no Estadão/Broadcast, o governador afirmou que insistir na postulação de Lula seria "isolamento suicida".
 
[SAIBAMAIS]
À época, Santana defendeu a chapa Ciro Gomes (PDT)-Fernando Haddad (PT). No entanto, ao ser questionado pelo O POVO Online, o governador não citou nomes e defendeu alternativa política. "(O PT) deveria se aliar em um arco de alianças, numa candidatura única progressista no Brasil. Se isso vai ser possível, acho difícil. Vamos aguardar as definições até o prazo legal".
 
Na mesma entrevista, ao falar sobre Ciro Gomes, pré-candidato pelo PDT, o governador ressaltou as qualidades do parceiro local. “Eu tenho no Ciro um grande aliado, um grande amigo, uma pessoa que eu tenho o maior respeito e admiração. Acho que é um grande pré-candidato. Nosso diálogo sempre foi feito com parceria, com franqueza e vamos manter dessa forma”.
TAGS