PUBLICIDADE
Notícias

Governador irá visitar obra da transposição; canteiro passa a funcionar em três turnos

23:03 | 09/05/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
 
Após o Ministério da Integração Nacional informar que as águas do São Francisco devem chegar ao Ceará em agosto desde ano, o governador Camilo Santana (PT) anunciou visita ao canteiro de obras ainda neste mês. Segundo ele, o planejamento do Governo Federal prevê a implantação de três turnos de trabalho para adiantar a conclusão das atividades.
 
O chefe do Executivo estadual reforçou o prazo divulgado pelo ministro Pádua Andrade nesta segunda-feira, 7. “Estive com ele na semana retrasada e cobrei, porque a empresa estava muito lenta. Houve a mudança da empresa. Então, quero agradecer a celeridade e o apoio do senador Eunício Oliveira (MDB). Daqui a uma semana ou dez dias, (os operários) já começam a trabalhar”, disse. 
 
 
O petista ainda afirmou que articula com o titular da Integração Nacional visita ao canteiro de obras. “Combinei com ele para daqui uma semana. Quero ir durante o dia e durante a noite para fazer transmissão ao vivo mostrando o trabalho nos três turnos”, disse.
 
[FOTO2]
 
Empresa
 
O governador já havia informado que as obras deveriam ser retomadas em maio. No mês passado, o Consórcio Emsa, vencedor da licitação para obras do Eixo Norte, desistiu do projeto afirmando que não tem condições financeiras para a conclusão. Agora, o Governo Federal deu aval para o consórcio Ferreira Guedes concluir a obra.
 
[SAIBAMAIS]
 
Segundo a Pasta, o trecho Norte está com 96% das obras finalizadas. A estimativa é de que as águas abasteçam mais de 7 milhões de pessoas em 223 cidades no Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte — sendo 4,5 milhões moradores da Região Metropolitana de Fortaleza.
 
Atrasos 
 
Quando ainda geria a Pasta, Hélder Barbalho revelou a expetativa de que as águas chegassem até julho deste ano. A obra de transposição do rio São Francisco para o Ceará já teve data de conclusão alterada por diversas ocasiões e motivos. A previsão inicial era para 2012.
 
 
 
A última paralisação durou 13 meses, entre junho de 2016 e julho do ano passado. Após a retomada, o Governo Federal chegou a antecipar a entrega da obra para janeiro, antes prevista para maio deste ano. No entanto, nenhuma das três metas do eixo Norte — que impacta diretamente o Ceará — foi totalmente concluída.
 
[FOTO3] 
TAGS