PUBLICIDADE
Notícias

Corrente do PT defende criação de "barreira humana" para impedir prisão de Lula

O grupo Articulação de Esquerda afirma ainda que o processo eleitoral deste ano sem a candidatura de Lula seria "uma fraude"

11:33 | 05/04/2018
NULL
NULL
[FOTO1] 
Após o ex-presidente Lula ter o pedido de habeas corpus negado pelo Supremo Tribunal Federal nessa quarta-feira, 4, o grupo Articulação de Esquerda - que integra o PT - publicou uma nota convocando as pessoas para resistirem às decisões da Justiça. O movimento diz pretender fazer uma “barreira humana” para proteger o ex-presidente na sua casa, na sede do Partido dos Trabalhadores e no Sindicato dos Metalúrgicos, impedindo a sua prisão.
 

Além da barreira, a militância petista pretende promover atos em diversas cidades brasileiras. O grupo também pede uma reunião geral das lideranças do partido para discutir medidas políticas e jurídicas para recorrer à possível prisão de Lula. Eles afirmam ainda que o processo eleitoral deste ano sem a candidatura de Lula seria "uma fraude".
 

Publicamente, o PT continua promovendo a candidatura de Lula, afirmando que o lançamento da campanha para a Presidência irá acontecer no dia 15 de agosto. Isso aconteceria mesmo com a condenação do ex-presidente, segundo o partido. Lula não se pronunciou sobre o assunto. 
 
Redação O POVO Online 
TAGS