PUBLICIDADE
Notícias

Militante do PT denuncia agressão por apoiadores de Bolsonaro em Fortaleza

Conforme a denúncia, a agressão aconteceu na última quarta-feira, 11, no bairro Mondubim. A vítima afirma que dois homens o ameaçaram com uma arma e desferiram tapas, chamando-o de "lulista filho da puta"

11:44 | 12/04/2018
NULL
NULL
[FOTO1]Um militante da Juventude do Partido dos Trabalhadores (PT) Ceará relata agressão por parte de homens em carro com adesivo do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL). Conforme o secretário da Juventude do PT do Ceará, Romário D'angelo, o jovem, que prefere não se identificar, foi abordado por dois homens quando estacionou seu carro nas proximidades da avenida Benjamin Brasil, no bairro Mondubim, na manhã da última quarta-feira, 11. Após ameaçarem a vítima com arma e desferirem tapas, a dupla saiu em carro com adesivos de apoio a Bolsonaro, de acordo com o relato.
 
"Chamaram ele de 'lulista filho da puta' e ameaçaram a vida dele porque ele estava com o carro todo plotado com adesivos do Lula", relata Romário. "Fica nítida a perseguição, a intimidação que eles querem fazer com nossos militantes", considera. Ele diz que a orientação por parte do PT foi que a vítima fizesse boletim de ocorrência para que levassem o caso para investigação junto à Polícia Civil. "Se não tiver punição isso pode acontecer com qualquer um, podem matar um militante nosso por puro idolatrismo", lamenta.


 
A Juventude do PT Ceará publicou nota de repúdio e denúncia sobre o caso. "Não aceitamos e denunciamos com veemência a agressão sofrida por nosso militante. Nosso apoio e solidariedade ao companheiro que não quis ser identificado por motivos de segurança", diz o texto.
 
Redação O POVO Online 
TAGS