PUBLICIDADE
Notícias

Lula: o presidente que foi do sindicalismo à prisão

22:37 | 08/04/2018
NULL
NULL
Infância em Pernambuco
 
[FOTO1]
 
Luís Inácio Lula da Silva (PT) nasceu em 1945, na cidade de Caetés, em Pernambuco. Filho de pais analfabetos, Lula se muda com a família para São Paulo com 7 anos em busca de melhores condições de vida. Após se instalar em Santos, São Paulo, o menino começou a trabalhar para ajudar nas despesas da mãe e dos irmãos. Aos 14 anos é empregado em uma metalúrgica. 
 
Primeiros momentos na política
 
[FOTO2]
 
“Aqui foi minha escola. Nasci neste sindicato”, disse Lula em seu pronunciamento na sede do Sindicato dos Metalúrgico do ABC neste sábado, 7. Desde 1968, em meio à intervenção militar, Lula filiou-se ao Sindicato. Por influência de um irmão, que era filiado ao clandestino Partido Comunista Brasileiro, ele chegou a se candidatar para fazer parte da diretoria do Sindicato, sendo eleito em 1969. O envolvimento com a militância fez com que Lula continuasse crescendo dentro do sindicato e da política.
 
Liderança sindical
 
[FOTO3]
 
Comandando greves, Lula se tornou liderança do movimento dos trabalhadores. Em 1980, chegou a ser preso por 31 dias sem mandado judicial. Ao mesmo tempo, mais 12 lideranças do movimento sindical foram presas. Ele foi processado com base na Lei de Segurança Nacional, vigente na época. Após sair da prisão, o sindicalista se reuniu com diversos intelectuais, lideranças sindicais e de movimentos sociais para fundar o Partido dos Trabalhadores (PT). Lula foi o primeiro presidente do PT, ainda em 1980. 

Candidaturas
 
[FOTO4]
 
Depois de ser o deputado federal mais votado das eleições de 1986, Lula tentou a Presidência do Brasil três anos depois, nas primeiras eleições diretas para presidente desde a ditadura. Ele ficou em segundo lugar contra Fernando Collor de Melo. Em 1994, Lula se candidatou novamente ao Executivo e foi derrotado ainda no primeiro turno por Fernando Henrique Cardoso. Novamente candidato em 1998, Lula perdeu a eleição continuando a constituir a oposição de esquerda dos governos vigentes. 

Lula Presidente
 
[FOTO5]
 
Lula foi o primeiro operário a presidir o Brasil, quando ganhou as eleições em 2002. Com discurso popular, o presidente era respeitado pelas massas e tomou medidas que beneficiaram pobres, trabalhadores rurais e estudantes. Em 2006, Lula foi reeleito. Nos seus governos, alguns projetos conhecidos foram o Bolsa Família, Fome Zero, Prouni e Minha casa, Minha vida. O presidente teve aprovação de grande parte da população na época, sendo um dos líderes mais populares da história do Brasil.
 
Durante seu mandato, o presidente participou de encontros internacionais, discursou na solenidade da Organização das Nações Unidas e fez acordos com grandes líderes mundiais.

Condenação e julgamento na Lava Jato
 
[FOTO7]
 
Anos depois do fim do seu governo e no auge da crise econômica brasileira, Lula foi acusado de lavagem de dinheiro pela operação Lava Jato, em maio de 2017. O processo que dividiu juristas do Brasil e culminou em sua condenação, em janeiro deste ano. Mesmo condenado, o ex-presidente continuava liderando as pesquisas de intenção de voto para as eleições de 2018. A sensação de caos e polarização na política brasileira foi agravada pela situação jurídica de Lula. 

Atualmente
 
[FOTO8]
 
Com o decreto de prisão autorizado pelo juiz Sergio Moro um dia após o STF negar o habeas corpus do ex-presidente, o que resultou em mais críticas à condução do processo por sua rapidez, Lula se entregou à Polícia Federal. Antes disso, o ex-presidente promoveu uma celebração religiosa em homenagem a falecida esposa Marisa Letícia. Acompanhado de Dilma Roussef, Boulos, Marina D’ávila, Gleisi Hoffmann e outras lideranças do PT, discursou sobre suas ideologias e disse que não iria ser preso de cabeça baixa. “Não pararei, porque não sou mais um ser humano, sou uma ideia”, afirmou o ex-presidente.
TAGS