PUBLICIDADE
Notícias

"Quem foi condenado foi o povo brasileiro", diz Lula

"Quem está no banco do réu é o Lula, mas quem já foi condenado foi o povo brasileiro, com o golpe que eles deram", disse o ex-presidente durante discurso em ato de apoio

19:55 | 24/01/2018
NULL
NULL

[FOTO1]

Em ato em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nesta quarta-feira, 24, na Praça da República, na capital paulista, o petista disse, durante discurso, que "está no banco do réu", mas que "quem já foi condenado foi o povo brasileiro". Os desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) condenaram Lula nesta quarta, no caso triplex.

"Quem está no banco do réu é o Lula, mas quem já foi condenado foi o povo brasileiro, com o golpe que eles deram", disse o ex-presidente, horas depois da condenação.

[SAIBAMAIS]

"Temos que saber disso, de uma vez por todas, pra parar de achar que é o Lula que está sendo condenado. O Lula é insignificante. O que é grande neste País é a consciência política do brasileiro, que começa a mostrar que não aceita mais subserviência", continuou Lula.

Segundo o petista, os seus julgadores estão "tirando de nós o direito de ser feliz, de ter esperança", e não é hora de "ficar: 'Ah, coitadinho do Lula; tá condenado, querem prender ele'".

"Pobre deles que pensam que prendendo Lula acaba a luta, porque o problema do Brasil são os milhões de homens e mulheres mais fortes e com mais consciência do que o Lula", complementou.

Lula ainda continuou a admitir a possibilidade de ser preso, ao se comparar com o ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela.

"Um ser humano pode ser preso. Mandela ficou preso 27 anos. E nem por isso a luta que ele fazia diminuiu. Ele voltou e virou presidente da África do Sul."

 

Redação O POVO Online

TAGS