PUBLICIDADE
Notícias

José Dirceu convoca militância do PT para julgamento de Lula: "Dia da revolta"

O ex-ministro disse que a hora é de ação e não de palavras

18:45 | 14/12/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

A militância do PT (Partido dos Trabalhadores) foi convocada a comparecer em Porto Alegre no dia 24 de janeiro pelo ex-ministro José Dirceu. A data marca o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), onde Lula será julgado pelo tríplex de Guarujá. Em nota pubicada, Dirceu convoca as pessoas para se mobilizarem em defesa do petista. A informação é do O Globo.

Em certa altura da nota, ele diz que a hora é de ação e não de palavras. Em outra parte, Dirceu escreve que é preciso desmascarar e combater a fraude jurídica e o golpe político para recuperar a soberania do povo trabalhador e do Brasil. A data do julgamento foi classifica por Dirceu como "dia da revolta".

A data do julgamento de Lula foi definida por conta de um pedido do desembargador e revisor do voto do relator João Pedro Gebran Neto, Leandro Paulsen. Ele informou à Secretaria da 8ª Turma que já terminou seu trabalho. A decisão do TRF-4 pode impactar no processo eleitoral do próximo ano, visto que Lula é pré-candidato do PT à presidência da República.

Situação do ex-ministro

A pena de Dirceu foi elevada em dez anos pelo Tribunal no mês de setembro. Ele responde por corrupção passiva, pertinência a organização criminosa e lavagem de dinheiro na Lava-Jato.

Em um primeiro momento, o responsável pelos julgamentos em primeira instância da operação, o juiz federal Sergio Moro, tinha decidido que o petista estaria preso por 20 anos e 10 meses. No processo, ele é acusado de receber propina, por meio de contratos da Engevix, do esquema de corrupção da Petrobras.

 

Redação O POVO Online

TAGS