PUBLICIDADE
Notícias

Congresso faz seminário sobre fake news

O secretário nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Segurança Pública disse que o evento acontece em um momento oportuno: próximo das eleições presidenciais do próximo ano

22:59 | 12/12/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

O 2º vice-presidente do Senado, João Alberto Souza (PMDB-MA) discursou nesta terça-feira, 12, na abertura de um seminário que debate as notícias falsas - ou fake news - e democracia. Na oportunidade, ele falou que quem divulga este tipo de notícia comete crime de difamação. A informação é do Uol.

No caso de haver interesse público, na visão do senador, a punição deveria ser intensificada, já que o prejuízo torna-se de toda a sociedade. O crime deve ser combatido com responsabilidade e muita firmeza, entende ele.

Souza, que substituiu o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), ainda falou que a história mostra que a "fabricação de notícias falsas" foi um recurso utilizado por governos totalitários.

Também presente no evento organizado pelo Conselho do Comunicação Social do Congresso Nacional, o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Tarcísio Vieira, afirmou que democracia exige informação de qualidade, ressaltando o subtítulo do seminário: "uma mentira repetida mil vezes continua sendo uma mentira". O ministro vê as fake news como um desserviço à democracia.

O secretário nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Rogério Galloro, disse que o evento acontece em um momento oportuno: próximo das eleições presidenciais do próximo ano.

O encontro tem os parlamentares do Senado e da Câmara como público-alvo. Além dos dois grupos, estão também conselheiros, jornalistas, advogados, assessores e profissionais da área de comunicação.

 

Redação O POVO Online

TAGS