PUBLICIDADE
Notícias

Após resultado negativo em pesquisa, Doria diz que gestão tem que melhorar

Para o prefeito tucano, o aumento de sua rejeição deve-se a um problema orçamentário herdado do ex-prefeito Fernando Haddad

17:18 | 05/12/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

Diante do resultado da pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que sua gestão tem que melhorar. Conforme o levantamento, 39% dos entrevistados classificaram a gestão como ruim ou péssima. A informação é do G1.

O prefeito atribui o aumento de sua rejeição - que se tornou três vezes maior desde a primeira pesquisa, em fevereiro - a uma questão orçamentária. Para ele, o planejamento financeiro feito pela gestão anterior, de Fernando Haddad (PT), estava distante do que os cofres públicos poderiam fazer.

O tucano já havia culpado Haddad em outras oportunidades e pelo mesmo motivo. Ele alegou que encontrou um rombo de R$ 7 bilhões. O ex-prefeito, no entanto, diz que houve frustração de receita em virtude da crise econômica e que ele não poderia ter previsto isso.

Agora, Doria projeta, a partir de janeiro, um orçamento feito "realisticamente", o que na sua visão ainda não fará com que São Paulo ter uma quantidade enorme de recursos, mas será suficiente para atender a zeladoria naquilo que é mais básico e necessário à população. Somado ao novo orçamento, o prefeito disse hoje, 5, que acredita nas mudanças promovidas em novembro, momento em que Bruno Covas foi substituído por Cláudio Carvalho na pasta das Prefeituras Regionais.

Mesmo com o alto índice de rejeição, os 29% de aprovação obtidos por Doria na última pesquisa são 61% a mais que os 18 pontos percentuais que Haddad teve nos primeiros onze meses de sua gestão.

Confíra os índices de Doria na pesquisa divulgada pelo Datafolha:

Ótimo/bom: 29%

Regular: 31%

Ruim/péssimo: 39%

Não sabe: 1%

Outros prefeitos nos primeiros 11 meses ou um ano:

Haddad:

Ótimo/bom: 18%

Regular: 31%

Ruim péssimo: 39%

Não sabe: 3%

Kassab:

Ótimo/bom: 39%

Regular: 33%

Ruim/péssimo: 27%

Não sabe: 1%

José Serra:

Ótimo/bom: 41%

Regular: 35%

Ruim/péssimo: 23%

Não sabe: 2%

 

Redação O POVO Online

TAGS