PUBLICIDADE
Notícias

Dois juízes são empossados desembargadores do TJCE

A solenidade de posse aconteceu na tarde desta sexta-feira, 7. A saudação dos novos integrantes do TJCE foi feito pelo desembargador Raimundo Nonato Silva Santos

21:49 | 07/07/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

Foram empossados na tarde desta sexta-feira, 7, os juízes Francisco Mauro Ferreira Liberato e Francisco Carneiro como novos desembargadores do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).

A solenidade, conduzida pelo presidente da Corte, desembargador Gladyson Pontes, aconteceu no prédio do órgão e contou com a presença de autoridades, familiares e amigos dos novos integrantes do Tribunal Pleno.

A saudação dos desembargadores foi feita pelo desembargador Raimundo Nonato Silva Santos. Pelos recém-empossados, discursou o desembargador Mauro Liberatom, que destacou a experiência vivida nas comarcas no Interior do Estado onde atuou.

Convidados

Conforme a assessoria de imprensa do TJCE, entre as autoridades presentes estavam a vice-governadora do Estado, Izolda Cela; presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Zezinho Albuquerque; procurador-geral de Fortaleza, José Leite Jucá Filho, representando o prefeito; ex-governador do Estado Adauto Bezerra; presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira; procurador-geral do Estado, Juvêncio Vasconcelos; vice-procuradora geral de Justiça, Vanja Fontenele Pontes; presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará, Marcelo Mota Gurgel do Amaral; defensora pública geral do Estado, Mariana Lobo; conselheira do Tribunal de Contas do Ceará, Soraia Thomaz Dias Victor; vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, desembargador Cid Marconi Gurgel; presidente do Tribunal de Contas do estado, conselheiro Edilberto Carlos Pontes Lima; vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região, desembargador Jefferson Quesado Júnior; presidente da Associação Cearense de Magistrados, juiz Ricardo Alexandre da Silva Costa; e diretor do Fórum Clóvis Beviláqua, juiz José Ricardo Vidal Patrocínio.

Redação O POVO Online

TAGS