PUBLICIDADE
Notícias

'Jamais pedi qualquer coisa a Temer', afirma Cunha em carta

14:29 | 20/05/2017
NULL
NULL
Em carta manuscrita com data de 18 de maio, o ex-deputado Eduardo Cunha nega que esteja recebendo dinheiro para continuar em silêncio e contesta todas as afirmações de Joesley Batista, empresário dono da JBS.
 
“Repudio com veemência as informações divulgadas de que estaria recebendo qualquer benefício para me manter em silêncio”, escreveu Cunha. Em outro trecho da carta divulgada pelo advogado, o ex-deputado diz: “Estou exercendo meu direito de defesa e não estou em silêncio e tampouco ficarei”. 
 
Cunha, que está preso no Complexo Penal, em Curitiba, declara ainda que jamais pediu dinheiro a Michel Temer e que nunca recebeu nenhum pedido de silêncio por parte do presidente. 

 
Veja a carta na íntegra: 
[FOTO1] 
 
 
Redação O POVO online 
TAGS