PUBLICIDADE
Notícias

Irmã do senador Aécio Neves é presa pela Polícia Federal nesta quinta

Andrea Neves foi presa na manhã desta quinta-feira, 18, por agentes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal; primo do senador filmado recebendo R$ 2 milhões também foi preso

08:56 | 18/05/2017

Atualizada às 09h13min

A jornalista Andrea Neves, irmã do senador Aécio Neves (PDSB-MG), foi presa na manhã desta quinta-feira, 18, por agentes da Polícia Federal  e do Ministério Público Federal, de acordo com o G1

 

[SAIBAMAIS]Havia especulações que ela estava fora do País, mas ela foi encontrada na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ainda de acordo com o veículo, agentes foram ao apartamento de Andrea Neves em Copacabana, mas não a encontraram.

 

 

A irmã do senador teria sido responsável pela primeira abordagem ao empresário Joesley Batista, por telefone e WhatsApp, conforme revelado pelo jornalista Lauro Jardim, do GLOBO, nesta quarta-feira, 17. 

 

Andrea foi presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social de Minas Gerais de 2003 a janeiro de 2014.

 

A operação se estende aos gabinetes no Congresso do próprio Aécio Neves, Zezé Perella e Rocha Loures, além da residência de Andrea Neves.

PRISÕES

 

O primo do Aécio, Frederico Pacheco de Medeiro, o assessor do senador Zezé Perrella (PMDB-MG), Menderson Souza Lima, e a irmã do operador financeiro Lucio Bolonha Funaro, identificada como Roberta, foram presos preventivamente com autorização do STF, segundo Estadão.

 

Frederico, conhecido com Fred, teria sido filmado recebendo R$ 2 milhões a mando do empresário Joesley Batista. Todos foram citados na delação de Joesley.




Redação O POVO Online

 

 

TAGS