PUBLICIDADE
Notícias

Moro aceita pedido da PF e adia depoimento de Lula para 10 de maio

Decisão foi publicada no sistema da Justiça Federal nesta quarta-feira, 26

11:07 | 26/04/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

O juiz titular da Lava Jato em Curitiba, Sérgio Moro, acatou a pedido da Polícia Federal e adiou para 10 de maio depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em um dos processos da operação. Decisão foi publicada no sistema da Justiça Federal nesta quarta-feira, 26.

[SAIBAMAIS]Inicialmente, o depoimento de Lula a Moro estava marcado para a próxima quarta-feira, 3. A Polícia Federal, no entanto, entrou com pedido de adiamento da oitiva. A corporação argumenta que, com o feriado de 1º de maio, não haveria tempo hábil para organizar a segurança do local onde ocorrerá o depoimento.

“É possível que, na data do interrogatório, ocorram manifestações favoráveis ou contrárias ao acusado em questão, já que se trata de uma personalidade política, líder de partido e ex-Presidente da República”, disse o delegado Rosalvo Ferreira Franco em ofício a Moro.

Triplex no Guarujá

Lula falará a Moro sobre acusação envolvendo compra de um apartamento triplex no Guarujá. Segundo denúncia, a empreiteira OAS teria cedido o imóvel a Lula em troca de supostos serviços prestados pelo petista em benefício da empresa.

A defesa do presidente nega as acusações e diz que o imóvel nunca foi transferido para Lula ou qualquer integrante de sua família. O imóvel não tem escritura ou qualquer documentação em nome do ex-presidente, pertencendo à OAS "no papel".

Redação O POVO Online 

TAGS