PUBLICIDADE
Notícias

Ministra determina volta de Garotinho para o hospital

Luciana Lóssio afirmou que não cabe à Justiça avaliar quadro clínico de preso

16:56 | 18/11/2016
A ministra Luciana Lóssio, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou a transferência do ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho para o hospital, de acordo com informações do portal de notícias do G1. O político foi levado nesta quinta-feira, 17, para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste do Rio.

 


Desde a última quarta-feira, 16, Garotinho estava internado no Hospital Municipal Souza Aguiar desde a última quarta-feira, 16. Ele foi submetido a exames que mostraram alterações cardíacas e a equipe médica indicou que ele passasse por um cateterismo.


Nesta quinta, ele foi transferido para a penitenciária por suspeitas de que o ex-governador tenha recebido tratamento privilegiado na unidade pública. O juiz que determinou sua transferência, Glaucenir Silva de Oliveira, chegou a dizer que “nenhum preso por ordem judicial pode ter direito a qualquer regalia ou tratamento diferenciado, seja em unidade prisional ou hospitalar”.


Lóssio, por sua vez, afirmou que não cabe ao juiz avaliar o quadro clínico de Garotinho. Ela diz ainda que o juiz procedeu sem qualquer embasamento técnico-pericial por parte da equipe médica. "Atitude, a meu ver, em tudo temerária, ante o risco de grave à integridade física do custodiado", diz a ministra na decisão.

Redação O POVO Online

TAGS