PUBLICIDADE
Notícias

Prefeita tira licença até o fim do mandato após perder reeleição

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, a licença ocorre para que ela possa descansar da campanha e para prestigiar o vice-prefeito, Júlio César

13:03 | 19/10/2016
NULL
NULL

[FOTO1]Derrotada na disputa pela reeleição em Tauá, no Sertão dos Inhamuns, a prefeita Patrícia Aguiar (PMB) tirou licença do cargo até o final do mandato, em 31 de dezembro deste ano. Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, a licença – não remunerada – ocorre para que ela possa descansar da campanha e para prestigiar o vice-prefeito, Júlio César.

A Prefeitura afirma ainda que a licença já estava prevista em acordo antes da eleição. “Ganhando ou perdendo, ela tiraria. O vice-prefeito é um parceiro, e não disputou reeleição com ela, então já havia um acordo para que ele assumisse nesses últimos meses, para prestigiá-lo na gestão”, diz a assessoria.

Patrícia já estava licenciada do cargo desde julho deste ano, mas renovou licença após as eleições. A nova suspensão foi enviada nesta segunda-feira, 18, à Câmara Municipal de Tauá, e inclui até a cerimônia de transmissão de cargo de Patrícia.

Com isso, será o vice-prefeito que empossará o médico Carlos Windsor (PR) como próximo prefeito do Município. Primo do deputado estadual Audic Mota (PMDB), ele venceu Patrícia na eleição deste ano por 93 votos.

Redação O POVO Online

TAGS