PUBLICIDADE
Notícias

Justiça Eleitoral concede direito de resposta de 14 minutos a Ivo Gomes

O adversário Moses Rodrigues teria divulgado informações falsas sobre atuação do pedetista como deputado estadual e secretário

17:06 | 16/09/2016

No dia em que a campanha municipal completa um mês, a disputa pela Prefeitura de Sobral se acirra. O candidato Ivo Gomes (PDT) ganhou direito de resposta de 14 minutos, concedido pela Justiça Eleitoral, para defender-se de supostas falsas acusações feitas pelo principal adversário, Moses Rodrigues (PMDB).

O aliado do senador Eunício Oliveira (PMDB) teria afirmado que Ivo fora demitido do cargo de secretário e desmerecido atuação dele como deputado estadual. Pela sentença, o irmão de Cid e Ciro Gomes (ambos do PDT) terá sete minutos na Rádio Tupinambá, quatro na Paraíso e três na Plus FM.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa de Ivo disse que "a verdade é que Ivo foi o deputado estadual mais votado em Sobral, com 22.581 votos, e o décimo-primeiro entre os deputados estaduais eleitos". Afirmou ainda que "Ivo Gomes ocupou cargos de secretário municipal em Sobral e em Fortaleza. Foi secretário de Estado dos governos de Cid Gomes e Camilo Santana, saindo dos mesmos sempre por vontade própria".

A reportagem não conseguiu localizar Moses. Assessor de imprensa do candidato atendeu ao telefonema, mas informou que ainda vai entrar em contato com a assessoria jurídica de Moses para responder sobre assunto.

Redação O POVO Online

 

TAGS