PUBLICIDADE
Notícias

'Acabou a época do político populista', diz Jair Bolsonaro em Fortaleza; veja vídeo

Aos gritos de "mito", o político chegou a ser levantado nos braços da multidão, no Aeroporto Internacional Pinto Martins

16:56 | 07/07/2016
NULL
NULL
O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) foi recebido como um "pop star" no Aeroporto Internacional Pinto Martins, por volta das 12h30min desta quinta-feira, 7, em Fortaleza, onde cumpre agenda. Centenas de pessoas se aglomeraram no saguão do local para prestigiar o parlamentar. Aos gritos de "mito", o político chegou a ser levantado nos braços da multidão.

[SAIBAMAIS3]A chegada do político gerou tumulto no local. Policiais militares precisaram fazer um cordão de isolamento para que o parlamentar chegasse até um trio elétrico, que já o esperava do lado de fora do Aeroporto para carreata pelas ruas da cidade. A vinda de Bolsonaro para Fortaleza foi organizado pelo movimento Direita Ceará.

%2b Veja galeria de fotos da chegada do deputado federal

"Muito obrigado ao Nordeste. Meu querido Brasil, estamos aqui porque acreditamos nessa grande pátria. Nós temos futuro, temos tudo para ser uma grande nação. A direita que sempre esteve ausente nas eleições, agora ela tem cara, tem propósito, ideias, voto, e vai chegar lá. Acabou a época do político populista, aquele que é bom só de gogó, mas quando chega lá, faz exatamente o todos fazem. Vamos mudar esse Brasil", discursou Bolsonaro em cima do trio elétrico.

[VIDEO1]
Acompanhado pelos filhos Eduardo e Calos Bolsonaro, Jair subiu ao trio elétrico posando de candidato à presidente da República em 2018. Uma faixa estendida no veículo apoiava a sua candidatura com o slogan: "Por um Brasil decente".

Nas ruas de Fortaleza, o trio elétrico foi seguido por carros e motos até o Círculo Militar, na rua Canuto de Aguiar, onde Bolsonaro daria sequência a sua agenda na cidade. Durante a passagem da carreata pelo Palácio da Abolição, sede do Governo do Ceará, integrantes dos movimentos a favor do deputado federal gritaram "Tchau, querida".

Réu no STF
Se esquivando de galhos e da fiação durante o percurso, Bolsonaro foi sucinto ao se defender da denúncia acatada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) de incitação ao estupro e injúria, no episódio envolvendo a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS). "Lamentavelmente é um voto político. O ministro relator (Luiz Fux) não levou em conta o que aconteceu e onde aconteceu", disse o deputado ao O POVO Online.

Para o filho de Jair Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), é uma "tentativa de derrubar" o pai dele, visto que o artigo 53 da Constituição Federal considera deputados e senadores invioláveis por quaisquer de opiniões, palavras e votos.

"O artigo é bem claro. A jurisprudência do próprio STF, em diversos sentidos, aponta na mesma direção. No caso específico do Jair Bolsonaro com a Maria do Rosário, foi um embate entre dois deputados discutindo a redução da maior idade dentro do Congresso Nacional. Infelizmente, o ministro Fux não entendeu desta forma. Ele falou que não houve qualquer vinculo com a atividade parlamentar. Querem flexibilizar essa imunidade parlamentar. Vejo isso aí como tentativa de derrubar o Jair, que, de fato, tem incomodado muita gente", comentou Eduardo.
TAGS