PUBLICIDADE
Notícias

Tia Eron surpreende e vota pela cassação de Eduardo Cunha no Conselho

Até então, a deputada era cotada para votar ao lado de Eduardo Cunha no processo

17:40 | 14/06/2016
NULL
NULL

Pivô de adiamento da votação do relatório que pede cassação de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no Conselho de Ética da Câmara, a deputada Tia Eron (PRB-BA) surpreendeu e votou pela cassação do presidente afastado.

Até então, a deputada era cotada para votar com aliados do presidente afastado da Casa e contra a cassação. Com o voto, a expectativa é que o relatório de Marcos Rogério (DEM-RO) seja aprovado pelo Conselho.

Acompanhe ao vivo a sessão do Conselho de Ética da Câmara:
[VIDEO1]

Cunha é acusado de mentir sobre a existência de contas suas na Suíça em depoimento à CPI da Petrobras. No último dia 7, o relatório chegou a entrar em pauta, mas foi adiado após membros do Conselho pedirem prazo para analisar relatório paralelo apresentado por aliados de Cunha - que pede pena mais branda ao deputado.

O adiamento ocorreu por manobra da oposição de Cunha no grupo, que quis evitar voto do suplente Carlos Marun (PMDB-MS), aliado do deputado afastado. Mesmo não sendo titular do Conselho, Marun estava escrito como suplente direto de Tia Eron, deputada que "sumiu" no dia da votação e se refugiou na sala da liderança do PRB na Câmara.

 

Redação O POVO Online
TAGS