PUBLICIDADE
Notícias

Sérgio Machado cumprirá pena em mansão com piscina no Dunas

Delator confesso de repasses ilegais, o ex-presidente da Transpetro cumprirá pena de três anos de reclusão em casa

10:45 | 17/06/2016
NULL
NULL
Delator que implicou mais de 20 políticos em repasses de R$ 100 milhões, Sérgio Machado começará nos próximos dias a cumprir pena de três anos de reclusão. Machado, no entanto, não deve ficar um dia preso sequer: Segundo acordo de sua delação, a pena será cumprida em sua casa, uma mansão com piscina e quadra poliesportiva no bairro Dunas, em Fortaleza.

A informação é da Folha de S. Paulo, que divulgou detalhes do acordo homologado pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo a ação, Machado cumprirá dois anos e três meses em regime fechado diferenciado e nove meses em regime semiaberto.

[SAIBAMAIS 1]Com acusações no escândalo, o ex-presidente da Transpetro pode ser condenado a até 20 anos de prisão. A punição, no entanto, também seria convertida automaticamente para a pena alternativa.

Alvo de batida da Polícia Federal em 2015, casa de Machado fica em bairro nobre da capital cearense. Ele terá que usar uma tornozeleira eletrônica durante a pena, com permissão de receber até 27 pessoas, entre familiares e um pdre, como visitantes. Ele também terá que devolver até R$ 75 milhões.

Delator

“Homem bomba” da política brasileira nos últimos meses, Sérgio Machado revelou detalhes de complexo esquema de repasses de propinas em empresas intermediárias da Petrobras. Gravações feitas pelo ex-presidente da Transpetro provocou a queda de três ministros do governo Temer: Romero Jucá (Planejamento), Fabiano Silveira (Transparência) e Henrique Alves (Turismo).

Redação O POVO Online
TAGS