PUBLICIDADE
Notícias

Oposição cobra saída de secretário de Justiça após rebeliões e fugas em prisões

Audiência com o secretário está marcada para daqui a pouco na Assembleia Legislativa

11:13 | 01/06/2016
NULL
NULL

Após rebeliões com mortes e fugas registradas em diversos presídios do Estado, deputados da oposição cobraram nesta quinta-feira, 1º, a saída do secretário de Justiça, Hélio Leitão, do cargo. Ao lado do secretário Delci Teixeira (Segurança Pública), Leitão irá daqui a pouco para a Assembleia prestar esclarecimentos aos deputados sobre a situação dos presídios.

“Esse secretário deveria sair, está livre para sair. Porque não conseguiu, de maneira nenhuma, resolver o problema e ficou o abacaxi na mão do governo. E o povo não sabe a real gravidade da situação nos presídios, porque o governo esconde”, disse Ely Aguiar (PSDC), que afirmou estarem ocorrendo “as maiores fugas de presos da história” nos últimos meses.

[SAIBAMAIS 4]Diversos outros pronunciamentos da oposição seguiram tom semelhante. Na última quinta-feira, 26, um efetivo de 120 homens da Força Nacional de Segurança chegou ao Ceará para controlar crise no sistema penitenciário. Ação ocorreu após rebeliões simultâneas ocorridas em diversos presídios do Estado deixarem pelo menos 14 mortos.

"Ação orquestrada"

Líder do governo na Casa, Evandro Leitão (PDT), tem atribuído a crise a uma “ação orquestrada” do sindicato dos agentes penitenciários, que montou barricadas em presídios para evitar acesso da Polícia Militar aos presídios. Ele tem destacado ainda que a gestão sempre manteve mesa permanente de negociação com os agentes.

“Sempre discutimos, o que não pode é vir com a faca no pescoço”, disse. O deputado Leonardo Pinheiro (PMDB) rebate a tese. “O Governo tinha recurso para investir e não fez antes por prepotência, arrogância e responsabilidade (...) a culpa é do governo e dos seus secretários”, disse.

Redação O POVO Online
TAGS