PUBLICIDADE
Notícias

Odebrecht confirma negociação de delação premiada, diz jornal

A empreiteira teria se comprometido a detalhar o financiamento de todas as campanhas majoritárias recentes, como as da chapa Dilma, de Temer e de Aécio

09:20 | 31/05/2016
A Odebrecht e o Ministério Público Federal (MPF) assinaram, na última quarta-feira, 25, documento que oficializa a negociação da delação premiada e da leniência da empreiteira no âmbito da Operação Lava Jato. As informações foram divulgadas pela colunista da Folha de S.Paulo, Mônica Bergamo, nesta terça-feira, 31.

A empreiteira teria se comprometido a detalhar o financiamento de todas as campanhas majoritárias recentes, tanto as da chapa Dilma Rousseff (PT), do presidente em exercício Michel Temer (PMDB) e a de Aécio Neves (PSDB), em 2014.

[SAIBAMAIS 3] Em entrevista à Folha, Dilma negou ter se encontrado com Odebrecht, mas a agenda presidencial indicava um encontro entre os dois no Palácio do Planalto. Os assuntos tratados na reunião, no entanto, não estavam discriminados.

A colunista disse que o objetivo do MPF é, a partir da formalização do acordo, convocar até mesmo Emílio Odebrecht, ex-presidente da empresa e pai de Marcelo, que está preso.

Redação O POVO Online
TAGS