PUBLICIDADE
Notícias

Ministérios de Temer devem ser ocupados somente por homens

O vice-presidente deve anunciar equipe ainda na manhã desta quinta-feira, 12, após ser notificado oficialmente sobre afastamento temporário de Dilma

09:36 | 12/05/2016
NULL
NULL

Se os nomes cotados para ocuparem equipe ministerial do governo de Michel Temer (PMDB) forem confirmados, essa será a primeira equipe sem mulheres desde o mandato de Ernesto Geisel, de 1974 a 1979.

Durante articulações para formar sua equipe, o vice-presidente convidou uma única mulher, a ex-ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Ellen Gracie, mas ela recusou. Gracie deveria ocupar Controladoria-Geral da União.
Outros nomes femininos também fizeram parte das negociações partidárias, mas não prosperaram, como os das deputadas Mara Gabrilli (PSDB) e Renata Abreu (PTN).
[SAIBAMAIS 4] Com composição unanimimente masculina, temer rompe tradição iniciada pelo general João Figueiredo (1979-1985), que indicou primeira ministra do Brasil. Esther de Figueiredo Ferraz ficou a frente da pasta de Educação e Cultura entre os anos de 1982 e 1985.
Depois dele, todos os presidente nomearam mulheres. Lula, durante seus dois mandatos, teve no total 11 ministras, sendo duas delas interinas, e Dilma nomeou 15 ministras, sendo três delas interinas.

Temer deve anunciar equipe ministerial ainda na manhã desta quinta-feira, 12, após receber notificação oficial do afastamento temporário de Dilma Rousseff. Ele assume a presidência interinamente por até seis meses, até conclusão do processo de impeachment de Dilma. 

Veja os nomes que estão sendo cotados para compor ministérios de Temer

Redação O POVO Online

 

TAGS