PUBLICIDADE
Notícias

Eunício anuncia que vai votar a favor do impeachment

Na justificativa, ele diz que a presidente "perdeu a condição de liderar", mas não cita crime de responsabilidade e nem sua proximidade com o vice-presidente Michel Temer, que assumirá a presidência por 180 dias caso Dilma seja afastada

17:45 | 11/05/2016
O senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) já divulgou sua posição quanto a votação de admissibilidade do impeachment, que ocorre nesta quarta-feira, 11. Por meio das redes sociais, ele afimou que que vota a favor do prosseguimento do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, e que encaminhará a orientação de voto à bancada do PMDB.

Na justificativa postada no Facebook, ele diz que a presidente "perdeu a condição de liderar", mas não cita crime de responsabilidade e nem sua proximidade com o vice-presidente Michel Temer, que assumirá a presidência por 180 dias caso Dilma seja afastada. Eunício não está inscrito para se pronunciar na votação. 
 
Leia a nota na íntegra: 
 
"Meu voto é sim ao prosseguimento do processo de impeachment da presidente Dilma, e dessa forma encaminharei a orientação de voto à bancada do PMDB.
 
Com o resultado do processo na Câmara, onde ela não garantiu nem 25% dos votos contrários ao seu impedimento, ficou comprovado que a presidente perdeu a condição de governar, de liderar um colégio eleitoral de 513 parlamentares e de transformar os sonhos da população brasileira em realidade. Governantes têm de liderar processos, têm de reunir maiorias, têm de construir consensos.
 
Além disso, a economia do nosso país não tem perspectiva de reação com a presidente Dilma. Estamos vivenciando um desarranjo político e econômico como nunca se viu em nossa história. Compreendo que este é um processo doloroso, mas enxergo como necessário o afastamento, para dar uma oportunidade a presidente Dilma, acusada, para que se defenda e para devolver as esperanças, soluções e alternativas ao povo brasileiro.
 
Por isso, meu voto é a favor do impeachment".
 
Redação O POVO Online
TAGS