PUBLICIDADE
Notícias

Após aproximação de PSDB e Wagner, Heitor busca apoio do PRB e SD

As siglas, ambas com intenção de disputar contra Roberto Cláudio, demonstram resistências e ainda não confirmam aliança

12:40 | 06/05/2016
NULL
NULL

Após procurar apoio do PSDB, o deputado Heitor Férrer (PSB) busca agora aliança com o PRB ou Solidariedade para sua pré-candidatura à Prefeitura de Fortaleza. Segundo o parlamentar, que participa em Brasília de seminário do PSB, conversas estão mais adiantadas com os dois partidos, comandados no Estado por Ronaldo Martins (PRB) e Genecias Noronha (SD).

“O Danilo (Forte, presidente do PSB Ceará) tem conversado com o PRB e o Solidariedade. Conversamos muito, mas sabemos que isso só se afunila para o final de maio, início de junho”. Prioridade de Heitor, o PSDB de Tasso Jereissati (PSDB) tem dado sinais de que irá apoiar outro nome da oposição, Capitão Wagner (PR).

“No caso do PSDB, tudo que nós poderíamos ter feito, nós fizemos. Resta agora esperar o que é da parte deles”, disse Heitor. Seja qual for a composição final das chapas no 1º turno, existe hoje entendimento de uma aliança geral da oposição contra o prefeito Roberto Cláudio (PDT) no segundo turno.

[SAIBAMAIS 2]Negociações

Apesar da procura de Heitor, PRB e Solidariedade ainda não confirmam apoio. Ronaldo Martins afirma que, hoje, tese “praticamente fechada” no PRB é pela candidatura própria na Capital, sendo ele um dos mais cotados a disputar. “Agradeço muito ao Heitor e ao Wagner, que nos chamaram, mas há entendimento nacional de o PRB disputar em todo o País”, diz.

Já Genecias confirma diálogo com o PSB, mas diz que há ordem do comando nacional do partido de não definir candidaturas no atual momento. Elogiando atuação de Heitor como deputado, Genecias aponta que Férrer teria “demorado demais” para procurar outros partidos. “O Capitão Wagner vem procurando faz tempo, então já está melhor em pesquisas”.

Oposição


Candidato à Prefeitura em 2012, Heitor Férrer acabou saindo como “vencedor moral” da disputa, terminando em 3º lugar no primeiro turno com 262,3 mil votos (20,97%) mesmo com reduzida estrutura de campanha e poucos partidos aliados. Neste ano, sua candidatura é prioridade do PSB cearense.

Maior aliança de oposição do Estado, PMDB, PSDB e PR, no entanto, ainda não fechou questão sobre sua participação na disputa deste ano. Com articulações avançadas entre PSDB e Capitão Wagner, há a perspectiva de, fortalecido por uma eventual posse de Michel Temer (PMDB) na Presidência, o PMDB entrar na disputa com Vitor Valim ou o vice-prefeito Gaudêncio Lucena.

Frases

“Agradeço o Heitor pela referência, mas o PRB tem esse intuito de ter candidatura própria. Não está fechado 100%, mas há compreensão de que em todo o Brasil se faz necessário o partido ter candidatura própria. E eu fui o 3º deputado mais votado em Fortaleza”.

Ronaldo Martins (PRB), deputado federal

"Heitor é um nome bom, já mostrou que é ético e respeitado. Mas existem outros pré-candidatos, que também conversam com a gente. Tem o Capitão Wagner, por exemplo. O partido também tem dito que para nós aguardarmos um pouco mais"
Genecias Noronha (SD), deputado federal

Redação O POVO Online

TAGS