PUBLICIDADE
Notícias

RC diz que gestão de Luizianne foi de "muita publicidade e pouca obra"

O prefeito fez críticas à ex-prefeita que pode voltar a protagonizar a disputa pela sucessão em 2016

17:20 | 14/03/2016
NULL
NULL

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), disse que a gestão da ex-prefeita da Capital e atualmente deputada federal, Luizianne Lins (PT), foi marcada por “muita retórica, muita publicidade e pouca obra”. Ele participou, nesta segunda-feira, 14, da edição de aniversário do programa Trem Bala, da TV O POVO. O prefeito também falou da crise política e fez críticas ao PMDB.

Questionado sobre o funcionamento do Hospital da Mulher, um dos projetos mais emblemáticos da gestão Luizianne, Roberto Cláudio disse que ambos têm “estilo diferente”.
[SAIBAMAIS 3]
“O governo passado ficou marcado por muita retórica, muita publicidade e pouca obra, pouca mudança prática na vida de cada um. Talvez o mais simbólico de tudo isso seja o Hospital da Mulher, que demoraram oito anos, para entregá-lo nas vésperas de eleição e sem ter nenhum servidor contratado, sem equipamentos adquiridos e sem prestar atendimento à população”, atacou o prefeito.

Segundo o pedetista, sua gestão colocou o equipamento para funcionar “silenciosamente” e potencializou o atendimento à mulher. “O hospital já ficou pequeno já começamos a expansão de 110 novos leitos”, afirmou.

“Essa deve ser uma das diferenças. De um lado, menos serviço e mais propaganda. Do outro, mais serviço e menos propaganda. A população está mais preocupada em ser atendida do que em assistir peça publicitária de um hospital que não funcionava adequadamente”, disse RC.

Ele também afirmou que a ex-prefeita deixou obras paradas e pouco dinheiro em caixa e citou, como exemplo, a obra do Vila da Mar. O projeto de revitalização, iniciado na gestão do PT, no Litoral Oeste, abrange a faixa litorânea nos bairros Pirambu, Cristo Redentor e Barra do Ceará. Segundo ele, a Prefeitura gastou toda a verba que deveria ser para primeira e segunda etapa.

“Gostaria muito de poder dizer que continuei obras da gestão passada, não vou poder ter esse privilégio porque foi deixado muito pouco pra mim, o que foi deixado quase sempre foram problemas, obras paradas em virtude de dívidas contraídas pelo município”, pontuou.

Deputada federal, Luizianne pode novamente disputar a Prefeitura em 2016. Ela é apontada como o principal nome do PT na Capital. O partido, apesar de divergências com o governador Camilo Santana (PT) - aliado de RC - tem indicado candidatura própria em Fortaleza.

Dilma Rousseff
O prefeito também falou sobre a situação do Governo Dilma que passa por momento crítico diante da pressão das ruas e das articulações nos bastidores para o impeachment da presidente da República. Ele também fez críticas ao PMDB.

Para RC, há dois “sentimentos” importantes nas manifestações de rua: o de oportunismo, oriundo de políticos, e o de cidadania, que parte das pessoas que apoiam as investigações da Operação Lava Jato e querem atenção para a economia do País.

“O Governo vai mal”, disse o prefeito, aliado de Dilma. Ele pontuou que a presidente precisa construir base política e “enfrentar um dos maiores males da política atual que é um apoio viciado e chantagista ofertado pelo PMDB”. Além de enfrentar o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB) “que é já um criminoso contumaz”.

O POVO Online tentou contato com a assessoria de Luizianne Lins e aguarda resposta via e-mail.

TAGS