PUBLICIDADE
Notícias

Produtor é vítima de agressão por usar boné vermelho em Fortaleza

O boné usado pelo produtor faz referência ao time norte-americano de baseball, Houston Astros, cujo símbolo é a letra "h" sobre uma estrela

15:46 | 18/03/2016
NULL
NULL
O produtor cultural Marcelo Freitas, 32, foi vítima de agressão, na manhã desta sexta-feira, 18, na Avenida Beira-Mar, por usar um boné vermelho com uma estrela branca, semelhante ao símbolo do Partido dos Trabalhadores. Três homens cercaram o jovem, com insultos. O caso não teve desdobramentos mais graves porque a segurança da área interveio.
[SAIBAMAIS 2]
Segundo Marcelo, por volta das 10 horas, ele foi à Avenida Beira-Mar entregar documentos em uma produtora e, logo após estacionar seu carro e sair andando pelo calçadão da avenida, ouviu gritos de "vai, petralha".

"Não dei atenção e continuei. Fui à produtora, deixei a documentação e estava voltando para o meu carro quando fui abordado por três cidadãos. Já foram me abordando de forma truculenta, perguntaram se eu não era brasileiro, o que eu estava fazendo com o boné do PT... Respondi que o boné não era do PT e, mesmo se fosse, eles não tinham nada a ver com isso", ressaltou Marcelo.

O boné usado pelo produtor faz referência ao time norte-americano de baseball, Houston Astros, cujo símbolo é a letra "h" sobre uma estrela.
[VIDEO1]
Segundo Marcelo, os homens que o cercaram aparentavam ter por volta dos 30 anos, mas o produtos não tem lembranças da fisionomia e não registrou B.O.. Um deles tentou arrancar o boné do produtor e foi impedido. "Eu o empurrei, vieram para cima de mim, a gente ainda trocou uns tapas", disse Marcelo. Ele não sabe precisar se a agressão foi evitada pela Guarda Municipal ou pela Polícia Militar.

Após a intervenção, Marcelo afirma que foi embora, mas continuou ouvindo xingamentos. Ele não registrou Boletim de Ocorrência. "Cada um tem sua opinião e tem de ser respeitada. Estamos vivendo um momento muito delicado. Não é com truculência e violência que faremos com que as pessoas escutem nossas ideias", pontuou.
TAGS