Líder do Pros na Câmara responde declarações de Ronivaldo MaiaNotícias de Política
PUBLICIDADE
Notícias


Líder do Pros na Câmara responde declarações de Ronivaldo Maia

Márcio Cruz disse que Maia deveria "pensar duas vezes antes de falar" e defendeu apoio de RC a Camilo

18:32 | 05/01/2016
Após declarações do vereador Ronivaldo Maia (PT), que minimizou fala do presidente do PT Ceará, Diassis Diniz, o líder do Pros na Câmara Municipal de Fortaleza, Márcio Cruz, afirmou que Maia "devia pensar duas vezes antes de falar". Na ocasião, Ronivaldo ironizou apoio do prefeito Roberto Cláudio (PSB) a Camilo Santana (PT), defendido por Diniz em entrevista ao programa Debates do Povo, da Rádio O POVO/CBN, nesta segunda-feira, 5.
 
Em resposta, o vereador Márcio Cruz disse que parece "desesperador" para o "grupo do PT a que pertence o vereador Ronivaldo Maia" saber que há possibilidade de o governador apoiar a reeleição de RC. Em outro momento, o Cruz explicou que o fato de Camilo Santana ter ficado em desvantagem em Fortaleza e municípios da Região Metropolitana "é resultado de uma circunstância eleitoral que inclui muitas outras variáveis e que a análise histórica deverá revelar no futuro".
 
Leia a resposta na íntegra: 
 
"EX-LÍDER DEVIA PENSAR DUAS VEZES ANTES DE FALAR
 
Se não fora o trabalho sórdido de boicote, com fortes contornos de traição partidária à candidatura Camilo Santana pelo grupo do PT a que pertence o vereador Ronivaldo Maia, seguramente poderíamos até considerar como algo passível de credibilidade e de ser levado a sério o comentário que o ex-líder da prefeita anda fazendo sobre o desempenho eleitoral da candidatura petista nas eleições de 2014. Parece ser mesmo algo desesperador para esse pessoal saber que o governador Camilo Santana venha mesmo a apoiar a reeleição do prefeito Roberto Cláudio.

Não há como não reconhecer o papel relevante e fundamental do prefeito Roberto Cláudio para a eleição do governador Camilo Santana que. Se não fosse por este apoio, talvez ele não estivesse hoje no Governo do Estado, inclusive para contemplar integrantes dessa corrente do partido do vereador com ocupações na administração estadual, numa prova inequívoca da grandeza política do governador, que relevou as ações de boicote alimentadas pelo ódio praticado por quem compõe essa corrente dentro do partido dele.

Se o governador ficou em desvantagem em número de votos em Fortaleza e outros municípios da Região Metropolitana em 2014, seguramente é resultado de uma circunstância eleitoral que inclui muitas outras variáveis e que a análise histórica deverá revelar no futuro.

Quem a isso faz referência, como a querer desconstruir a liderança do prefeito Roberto Cláudio, deveria lembrar, por exemplo que o candidato Eunício Oliveira perdeu para Camilo Santana em sua terra natal (Lavras da Mangabeira), quando da disputa no segundo turno. Na Região do Cariri, onde nasceu, Camilo Santana ganhou de lavagem, como diz o ditado popular, em cima do candidato do PMDB de Eduardo Cunha.

Desnecessário, como classificou o ex-líder, foi mesmo o apoio da sua liderança maior (a ex-prefeita) que obteve votação que podemos considerar inexpressiva para quem ocupou por oito anos a cadeira de prefeita de Fortaleza.

No mais, devemos entender tal declaração como sendo, ainda, a reação de quem não se cura da crônica dor de cotovelo por ver uma gestão que está mudando Fortaleza prá melhor, com mais escolas e creches, com mais postos de saúde e obras de mobilidade, que se orienta por princípios éticos e republicanos. Que realiza, por exemplo, sorteio de unidades habitacionais com processo acima de qualquer suspeita, denotando extrema diferença do que ocorreu na gestão passada, onde a distribuição de casas populares resultou em inquérito policial onde o referido vereador figura como réu.

VEREADOR MÁRCIO CRUZ  

Líder do PROS na CÂMARA MUNICIPAL DE FORTALEZA"
 
Redação O POVO Online
TAGS