PUBLICIDADE
Notícias

Horário Eleitoral Gratuito "custará" R$ 576 milhões em 2016

O valor é pago através de deduções no imposto de renda. A informação integra relatório da Associação Contas Abertas

17:03 | 18/01/2016

Batizado de Horário Eleitoral Gratuito, o tempo de rádio e TV ao qual tem direito os candidatos da eleição deste ano terá pouco de “gratuito” em 2016. Segundo levantamento do Contas Abertas, ressarcimentos pagos pelo governo para emissoras que transmitem a “propaganda” custarão R$ 576 milhões dos cofres públicos.

O valor é pago através de deduções no imposto de renda, correspondendo a 80% do valor que as empresas receberiam caso tivessem feito uso comercial do espaço. Segundo o levantamento, valor gasto é como se cada brasileiro pagasse R$ 2,88 para receber informações de candidatos no rádio e na TV.

[SAIBAMAIS 2]Reforma eleitoral

Entre 2002 e 2015, R$ 5,5 bilhões deixaram de ser arrecadados por conta do horário. Com a nova lei eleitoral, prazo para a propaganda eleitoral foi reduzido, de 45 para 35 dias. O período de registro de candidaturas também foi adiado, passando de 5 de julho para 15 de agosto. Tempo total de inserções, no entanto, aumentou de 30 minutos por dia para 70 minutos.

O critério para distribuição do tempo de rádio e TV também seguirá o mesmo, com 10% de tempo igual para todos os candidatos e os demais 90% construídos de acordo com o tamanho das bancadas da coligação no Congresso Nacional.

Redação O POVO Online
TAGS